ACHE AQUI O SEU PROFISSIONAL DE SAÚDE!
Médico Dentista Fisioterapeuta Nutricionista Fonoaudióloga Psicólogo Enfermeira Terapias Alternativas Personal Trainer Veterinário

Cadastro gratuito para os profissionais de saúde. Clique aqui.

  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer

Edição Impressa
Assine nossa newsletter:
cadastrar
Participe da nossa enquete:
Melhor região do Brasil para tirar as Férias?












votar
ver resultado


Referência global em mieloma palestrará no Rio:individualização do tratamento é a principal arma

05/11/2019 | Visualizações: 115
Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer
Dê a sua nota:
Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer



Dia 9 de novembro, o médico hematologista e referência mundial em mieloma múltiplo, Jesús
San Miguel, realizará a conferência magna “Mieloma Múltiplo – passado, presente e futuro”,
durante a programação do HEMO 2019, maior congresso de Hematologia, Hemoterapia e
Terapia Celular na América Latina. O evento, que acontece no Riocentro, na capital carioca,
reúne mais de 5 mil congressistas, do Brasil e de outros países do mundo, entre dos dias 6 a 9
de novembro.
Presidente da Sociedade Internacional de Mieloma (IMS, da sigla em inglês), Miguel recebeu,
em 2013, diretamente das mãos da rainha da Espanha o Prêmio Rei Jaime I de Investigação
Médica. Atualmente, o palestrante é uma das maiores referências nos estudos do mieloma,
câncer maligno que atinge a medula óssea e representa 1% de todos os tipos de tumores,
afetando principalmente idosos, segundo dados da Fundação Internacional de Mieloma.
Para o especialista, o avanço terapêutico que mais contribuiu para prolongar a
sobrevivência dos pacientes afetados com mieloma múltiplo nos últimos 10 anos foi a
farmacologia, a começar pela talidomida. “Apesar de ter provocado um efeito adverso
tremendo em muitas crianças, posteriormente se descobriu que podia servir para
tratar algumas neoplasias, especialmente o mieloma”, disse ao jornal El Periódico em 2015.
Para o espanhol, que publicou mais de 800 artigos em dezenas de revistas, fez centenas de
palestras em congressos nacionais e internacionais e colaborou em centenas de capítulos e
monografias, a evolução do mieloma tem sido espetacular. “Desde que fiz minha tese em
1980, passamos de uma única droga para tratamento para uma situação onde o
desafio é escolher na hora certa cada uma das novas drogas”, explicou recentemente
em entrevista a um periódico espanhol.
Defensor de um modelo em que a individualização do tratamento contra o câncer
afirma que esta é “uma das armas terapêuticas mais importantes” e a pesquisa é o “básico”.
Ressalta ainda que a inovação é “uma obrigação por parte do médico, algo inerente à
profissão”.
Angelo Maiolino, presidente do HEMO 2019 e coordenador do Comitê de Mieloma Múltiplo da
Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), entidade
promotora do evento, exalta a participação de Jesús San Miguel no evento e afirma que 2019
é um ano bastante produtivo nas pesquisas científicas e discussões políticas sobre novas
maneiras de diagnosticar e tratar o mieloma. Entre elas, o CAR-T Cell, técnica experimental
recém-chegada ao Brasil e que promete revolucionar o tratamento de cânceres do sangue, de
modo individualizado e preciso.
“O HEMO 2019 será um congraçamento de diversos eventos realizados pela ABHH este ano,
como o II Encontro do Grupo de Gamopatias Monoclonais (Mieloma Múltiplo), que
congregaram experts do Brasil e do mundo”, complementa Maiolino, que também é uma das
maiores autoridades mundiais no assunto.

Serviço
HEMO 2019
Data: 6 a 9/11
Local: Riocentro (Av. Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca), Rio de Janeiro (RJ)
Outras informações e inscrição: www.hemo.org.br
Sobre a ABHH
A Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) é uma
associação privada para fins não econômicos, de caráter científico, social e cultural. A
instituição congrega médicos e demais profissionais interessados na prática hematológica e
hemoterápica de todo o Brasil. Hoje, a instituição conta com mais de cinco mil associados.


 
tags:






Comentários (0):


ANTES DE ESCREVER O SEU COMENTÁRIO, LEMBRE-SE:
Todo e qualquer comentário postado neste site é de exclusiva responsabilidade do autor. Comentários com conteúdos impróprios, obscenos ou que não tenham relação com o conteúdo serão excluídos. Dê a sua opinião com responsabilidade!
Comentários

Deixe o seu comentário:

Nome:


E-mail (não será publicado):


Mensagem:


enviar















Siga-nos nas Redes Sociais