ACHE AQUI O SEU PROFISSIONAL DE SAÚDE!
Médico Dentista Fisioterapeuta Nutricionista Fonoaudióloga Psicólogo Enfermeira Terapias Alternativas Personal Trainer Veterinário

Cadastro gratuito para os profissionais de saúde. Clique aqui.

  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer

Edição Impressa
Assine nossa newsletter:
cadastrar
Participe da nossa enquete:
Melhor região do Brasil para tirar as Férias?












votar
ver resultado


Terapias clássicas rapidamente darão lugar a novos procedimentos, diz referência mundial

05/11/2019 | Visualizações: 118
Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer
Dê a sua nota:
Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer



A comunidade científica mundial é enfática: 2019 é um dos anos mais promissores para as
pesquisas científicas, novas maneiras de diagnosticar e tratar cânceres em geral, em especial
as neoplasias no sangue, com mais precisão e rapidez. Entre os procedimentos estão estudos
com as células CAR-T, cujas pesquisas já apresentam os primeiros resultados no Brasil, e que
consiste em modificar geneticamente células de defesa do organismo para torná-las mais
eficazes no combate à doença.
Esses e outros avanços tecnológicos, como imunoterapia e avanços para o tratamento de
mieloma múltiplo, serão amplamente discutidos durante o maior congresso das áreas de
Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular na América Latina, o HEMO 2019, promovido pela
Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH). O evento
acontece de 6 a 9 de novembro, no Riocentro, no Rio de Janeiro (RJ).
Mas o que é isso? A sigla “CAR” vem de Chimeric Antigen Receptor, receptor de antígenos
quiméricos e o T, das células T. O princípio básico dessa terapia revolucionária é o uso das
técnicas imunológicas para recuperar pacientes graves.
Nos Estados Unidos e na Europa, cientistas estão envolvidos em uma importante corrida para
domínio de uma nova tecnologia que envolve engenharia genética e imunoterapia e que se
apresenta como uma das grandes esperanças para a cura do câncer. A tecnologia é
identificada pela sigla CAR T-Cell e consiste em modificar geneticamente células T para torná-
las mais eficazes no combate à doença.
O assunto será amplamente discutido no maior Congresso de Hematologia, Hemoterapia e
Terapia Celular do Brasil, que acontece de 5 a 9 de novembro, no Rio de Janeiro. Saiba mais em
www.hemo.org.br

 
tags:






Comentários (0):


ANTES DE ESCREVER O SEU COMENTÁRIO, LEMBRE-SE:
Todo e qualquer comentário postado neste site é de exclusiva responsabilidade do autor. Comentários com conteúdos impróprios, obscenos ou que não tenham relação com o conteúdo serão excluídos. Dê a sua opinião com responsabilidade!
Comentários

Deixe o seu comentário:

Nome:


E-mail (não será publicado):


Mensagem:


enviar















Siga-nos nas Redes Sociais